Mês: dezembro 2015

SAMPAIO E A DISCREPÂNCIA NA SÉRIE B

Sampaio

As duas principais divisões do Campeonato Brasileiro têm uma cobertura completa da TV, com a transmissão dos 760 jogos, nos sinais aberto e fechado. Ambas as séries já estão definidas para 2016, com quatro trocas na A, como a volta de Botafogo e Santa, e oito mudanças na B, com destaque para a terceira participação do Vasco.

E a próxima temporada marca o início do novo contrato com a Rede Globo, detentora dos direitos. Os 40 times receberão novos repasses, que fomentam a maior parte das respectivas receitas. No quadro produzido pelo podcast 45 minutos, um raio x das finanças oriundas da tevê.

Na elite foram firmados acordos de três anos, com clubes acima de R$ 35 milhões/ano. É o caso Sport, no último escalão dos “cotistas” até 2018. Basta compará-lo a Corinthians e Flamengo, que passam a ganhar R$ 170 milhões, R$ 60 mi a mais que no contrato encerrado, num aumento de 54%. Ou seja, maior numérica e percentualmente. Uma evolução baseada na audiência dos principais mercados, São Paulo e Rio, mas nem sempre atrelada à questão técnica.

No fim da pirâmide, cinco clubes, incluindo o Tricolor, negociando acordos anuais entre R$ 20 mi e R$ 25 milhões. Num primeiro contrato, o mandatário coral, Alírio Moraes, ouviu uma oferta de R$ 16 milhões. Pois é.

Evolução dos contratos 2012-2015 para 2016-2018

1) Flamengo e Corinthians – de R$ 110 mi para R$ 170 milhões (54%)
2) São Paulo – de R$ 80 mi para R$ 110 milhões (37%)
3) Vasco e Palmeiras – de R$ 70 mi para R$ 100 milhões (42%)
4) Santos – de R$ 60 mi para R$ 80 milhões (33%)
5) Cruzeiro/Galo/Grêmio/Inter/Flu/Fogo – de R$ 45 mi p/ R$ 60 milhões (33%)
6) Outros ex-integrantes do Clube dos 13 – de R$ 27 mi p/ R$ 35 milhões (29%)

Enquanto isso, na Série B, o valor básico foi ampliado de R$ 3 mi para R$ 5 milhões (valor que será pago ao Sampaio), numa articulação que contou com o presidente do Náutico, Glauber Vasconcelos.

A bronca é ter que competir com o Vasco, que R$ 100 milhões. Os 17 “não cotistas” da Segundona ganharão, juntos, R$ 85 milhões. Competitividade? Irreal.

E olhe que esse levantamento todo se refere apenas às cotas fixas do Brasileirão. Ainda há o pay per view, com um rateio de R$ 350 milhões através do Premiere, de acordo com o número de assinantes apurado em pesquisa do Datafolha, ampliando de vez a disparidade.

Fonte:Diário de Pernambuco

FLÁVIO DINO AVISA,GOVERNO NÃO FINANCIARÁ CAMPANHAS EM 2016

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), disse que na sua gestão foram economizados R$ 325 milhões com o corte de gastos supérfluos ou gastos ilegais.

A declaração foi feita em uma entrevista do Jornal Pequeno publicada neste domingo (27).

“conseguimos fazer com que esse dinheiro pudesse ser aplicado em programas sociais importantes, como o programa Bolsa Escola – que vai em janeiro dar a famílias de baixa renda a possibilidade de comprar material escolar para seus filhos, – e o programa Escola Digna, que começa a substituir as escolas de taipa por novos prédios decentes e adequados”, disse Flávio Dino (foto de Louremar Fernandes)

Governador falou sobre impeachment, segurança pública e participação nas eleições

Durante a entrevista, o governador falou sobre a crise econômica e a necessidade do seu governo estar preparado para enfrentar a queda na receita. Outro ponto considerado “sensível a aprimorar” é a questão de segurança pública, segundo disse Flávio Dino.

Sobre o impeachment da presidente Dilma Rousseff, Flávio Dino disse que é algo desastroso parao país: “eu reafirmo a minha crença de que o impeachment é inconstitucional e é nocivo aos interesses do País e do Maranhão”.

Em relação às eleições municipais, Flávio Dino reafirmou que o governo não vai se engajar no apoio a nenhuma candidatura.

“O governo não vai participar das eleições, porque a tarefa do governo é governar. Nós não teremos recursos públicos financiando campanhas. Isto é inclusive uma revolução no Maranhão. Mas o governador vai participar intensamente, porque tem compromissos assumidos em 2014, e este vai ser um parâmetro fundamental. Todos aqueles que estiveram comigo na campanha serão respeitados. E os compromissos que eu fiz em 2014 serão honrados. Então, como governador, como militante político, estarei sim presente nas eleições municipais, buscando em primeiro lugar unificar ao máximo o quanto possível o nosso campo, os nossos partidos que fizeram com que eu estivesse aqui no governo e, quando isto não for possível, buscando acordos de procedimentos entre os vários partidos, a fim de permitir que nós mantenhamos esta unidade estadual”, disse Flávio Dino.

É A “CRISE”,POPULAÇÃO FAZ BINGO PARA CONSERTAR VIATURA

Com o único carro da Polícia Civil na oficina há meses por falta de dinheiro para reparo, os moradores de Barreira, na Grande Fortaleza, organizam um bingo para arrecadar R$ 2 mil e pagar o conserto do veículo.

A ideia foi dos párocos da Igreja Matriz de Barreira, que dizem que a cidade sofre com altos índices de violência, e os policiais não têm equipamentos e veículos suficientes para realizar um trabalho eficiente.

“Nós já fizemos caminhadas pela paz, caminhada pedindo segurança, audiência pública, mas nada resolve. A polícia está com o carro na oficina há cinco meses e não consegue resolver nada”, diz Elvira Vasconcelos, responsável pela venda das cartelas.

Em nota, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) diz que há um projeto em andamento para viabilizar a troca das viaturas que precisem de reparos em 2016. “Entre as substituições está o veículo policial que cobre o município de Barreira”, diz a nota. A secretaria relata ainda que a “manutenção periódica das viaturas é realizada em todo o acervo da Polícia Civil”.

A cartela custa R$ 5, e o vencedor leva um salário mínimo, R$ 788. Elvira explica que o objetivo é obter R$ 2 mil com as vendas e tirar o carro da oficina; caso sobre dinheiro, o valor excedente será utilizado para compra de computadores para as polícias civil e militar.

“A gente não consegue nem fazer um b.o., temos que viajar 40 minutos até a cidade vizinha para registrar o boletim de ocorrência”, diz a religiosa. O G1 questionou a secretaria sobre as reclamações da falta de computadores na delegacia da cidade, mas não obteve resposta da Secretaria da Segurança.

O sorteio do bingo será em 26 de dezembro, às 19h, na Praça da Igreja da Matriz de Barreira.

Crime na igreja de Barreira

Elvira Vasconcelos, de 50 anos, explica que a ideia do bingo para reparar o veículo ganhou apoio do padre da cidade após um crime de tentativa de estupro dentro da paróquia. Segundo a Polícia Civil da cidade, em outubro deste ano, um homem invadiu a paróquia e tentou abusar de uma criança no banheiro do local. A população percebeu a intenção do suspeito e o espancou. O homem, não identificado, segue preso em Barreira.

O boletim de ocorrência foi registrado no município de Baturité, a 30 quilômetros de Barreira, por falta de computadores na delegacia da cidade onde ocorreu o crime.

G1

EDITORIAL:PEDINDO SOCORRO AS URNAS

A prosperidade financeira depende de uma série de fatores interiores do ser humano.Vai muito além do aprendizado técnico, ou de uma formação educacional como uma faculdade.

A relação financeira com a política, é ainda pior.Alguns conseguem a prosperidade quando chegam ao poder, outros conhecem a desgraça ao sair dele.

Em nossa Dom Pedro,temos inúmeros casos que nos creditam fazer tal afirmação.

A despeito, deparei-me nestes dias, com a informação em um blog regional dando conta que o ex-prefeito Ribamar Filho lançou candidatos a candidato.

Foto Blog Zaidan de Sousa

O desespero é público e notório, prestes a completar 8 anos fora do Palácio Ananias Costa, está atrás de um tutelado para vislumbrar as regalias que o mandato público propicia, pois, candidatos em nossa cidade, temos vários, inclusive, o atual Prefeito, Hernando Macedo, que elegeu-se em 2012 com as suas bençãos.

Lembrei-me que nenhum dos candidatos atuais são bons para o ex-prefeito, pois a sua postura é alinhada com a hierarquia administrativa do antigo Egito, onde com sua falta(ficha suja), passava-se o poder para um filho, aqui em Dom Pedro, seria para os irmãos.

Agora de resto, falta combinar com os dompedrenses, pois “pombo” não vota.

Entenda aqui.

 

 

PRÁ INGLÊS VER:BALNEÁRIO MACEDÃO JÁ APRESENTA PROBLEMAS

Balneário 02

Recém inaugurado(09/12) e com “pompas” de  “padrão FIFA”, o Balneário Lourenção, digo Macedão, não suportou nem o primeiro “vento”.

Obras como esta fazem parte de um pacote mais amplo, preocupante, de generalizado desleixo com a qualidade de obras públicas no Brasil. Há em todo o país outros exemplos de empreendimentos que, mesmo tendo supostamente passado pelo crivo técnico, apresentam problemas de toda ordem — de concepção, execução ou de funcionamento.

Balneário 04

Nesse pacote, pontos comuns aos processos de contratação e acompanhamento de obras ajudam a entender o porquê do descompromisso com o dinheiro público, a segurança e bem-estar dos beneficiários dos empreendimentos. Um deles, talvez o mais comum na cadeia dos descasos, é ditado pelo calendário eleitoral: apressa-se a contratação e execução de projetos de olho em dividendos nos palanques.

No caso do Balneário, há a pouco criteriosa maneira como a Caixa Econômica Federal, o grande agente público de financiamento de obras deste poste, parece analisar os projetos. Há, ainda, fatores que precisam ser considerados como o encarecimento de material e da mão de obra. Mais um motivo para haver rígida fiscalização dos canteiros pelo Ministério Público.

Agora, ficamos com a dúvida, se o Balneário Macedão, digo Lourenção, resistirá aos descasos do FUTURO.

COROATÁ:PRF DEFLAGRA OPERAÇÃO PARA APRENDER CARROS ROUBADOS

Agentes da Polícia Rodoviária Federal deflagraram, nesta sexta-feira (11), no município de Coroatá, uma operação com objetivo de apreender carros roubados e irregulares, prender traficantes e assaltantes de banco.

A região dos cocais tem sido alvo de várias ações, visto que, há uma grande incidência de atos delituosos.

Em Tempo

No dia 08 deste mês, o Município alvo, foi Esperantinópolis. A operação iniciou no meio da manhã e um bom número de veículos (carros, motocicletas) foram abordados. Os policiais apreenderam veículos com suspeita de estarem clonados. Uma pessoa foi detida acusada de receptação. Os veículos apreendidos foram levados para a Delegacia de Polícia de Esperantinópolis.

O LADO BOM

Está decidido: é o Homem que determina a História. Mesmo porque, a História não seria tão madrasta conosco a ponto de nos impingir o Cunha

Por: Luis Fernando Veríssimo

Tudo tem o seu lado bom. Até as nuvens mais negras têm seu lado ensolarado. As pessoas, principalmente as pessoas petistas, que não encontram nada para comemorar nos dias que passam, é porque não procuraram o bastante. Tomem a rejeição das contas do governo Dilma pelo Tribunal de Contas da União, por exemplo. Ao mesmo tempo em que soubemos da condenação, soubemos que a última vez que o TCU rejeitou as contas de um governo foi em 1937. O que significa que durante, deixa ver, 78 anos, nenhum governo brasileiro teve suas contas questionadas ou, em alguns casos, sequer examinadas pelo TCU. De 1937 até agora, para o grande orgulho cívico até do PT, todos os nossos governos foram de uma irretocável lisura fiscal. E ainda dizem que brasileiro não sabe votar!

Especulou-se que os três petistas no Conselho de Ética que decidirá sobre a cassação ou não do Eduardo Cunha apoiariam Cunha, a pedido do Planalto, para que ele não aceitasse a proposta de “empixamento” da Dilma. Se a barganha fosse adiante, só restaria ao PT fechar suas portas, entregar as chaves e ir fazer artesanato. Mas não era verdade: os três petistas anunciaram que votariam contra o Cunha, que retaliou detonando o processo de cassação da presidente, que negou ter pensado na troca aviltante, o que preservou o mínimo de coerência necessária para um partido continuar a existir. E é outra razão para se comemorar, em meio ao mau tempo.

O próprio Eduardo Cunha é uma nuvem negra com um lado bom. Há muito tempo se discute se é o Homem com suas escolhas e ações que produz a História ou se é a História que forja seus protagonistas necessários. Cunha acabou com a discussão, pelo menos no Brasil. Nunca o caráter de um só protagonista se intercalou desta maneira com a história do seu tempo. Está decidido: é o Homem que determina a História. Mesmo porque, a História não seria tão madrasta conosco a ponto de nos impingir o Cunha.

Falando em determinantes históricos, também temos o tal japonês bonzinho, o policial federal que, suspeita-se, estaria vazando trechos escolhidos dos depoimentos de delatores na Lava-Jato, com evidentes efeitos na história da República. Um japonês bonzinho. Outro raio de sol em meio à escuridão.